ACTAS DO 1.º CONGRESSO DE ETNOGRAFIA E FOLCLORE


BRAGA
22 A 25 DE JUNHO DE 1956


Actas do congresso organizado pela Junta de Acção Social (integrada no Plano de Formação Social e Corporativa) e promovido pela Câmara Municipal de Braga, de 22 a 25 de Junho de 1956.

Colaboração de Fernando de Castro Pires de Lima, Augusto Pires de Lima, Gustavo Barroso, Américo Pires de Lima, António de Almeida, Sebastião Pessanha, Celestino Maia, Luís Chaves, Hugo Rocha, Abel Viana, Leando Quintas Neves, Jaime Lopes Dias, Guilherme Felgueiras, José Osório de Oliveira, Manuel Rodrigues Simões Júnior, Jorge Dias, José Redinha, Ezequiel de Campos, Arnaldo Pinheiro Torres, Luís de Pina, Ernesto Veiga de Oliveira, Rebelo Bonito, António de Sousa Machado, Raul de Miranda, Nuno Catharino Cardoso, Afonso do Paço, Fernado Castel-Branco, e muitos outros.

A variedade temática impressiona:

Teatro popular, música popular, traje regional, brinquedos, poesia, festas religiosas, medicina popular, danças, procissões, literatura popular, fala infantil, jogos de cartas, folclore africano, pescadores, bruxaria, santos populares, magia, batráquios, canções da apanha da azeitona, romarias, adagiários (…) etc.

Obra completa em 3 volumes, brochados, com 452, 428 e 464 páginas, ilustrados, 23 x 16 (x 7) cm. Bom estado. Lisboa: «Biblioteca Social e Corporativa», 1963.

Preço: 60 euros.


 


GENTES DO MATO


MANUEL PACAVIRA


Primeira edição do primeiro livro do escritor angolano Manuel Pedro Pacavira (1939-2016). Com 125+(3) páginas. 18 x 12 cm. Miolo limpo. Capas em bom estado. Lombada descolorada e com um vinco de leitura. Lisboa: África Editora, 1974.

Preço: 25 euros.


 


POEMAS


ALDA LARA


Compilação póstuma dos poemas de Alda Lara (1930-1962), com organização de Orlando de Albuquerque, marido da autora. Exemplar autografado por Orlando de Albuquerque com dedicatória. 3.ª edição, 5.º milhar. Invulgar. 193+(7) páginas. 20,6 x 14,7 cm. Capa amarelecida, com pequenas marcas de manuseio e desgaste superficial. Miolo limpo. Lobito: Capricórnio, 1973.

Preço: 35 euros.


 


ALBUM DE ESTATISTICA GRAPHICA DOS
CAMINHOS DE FERRO DO ULTRAMAR
1903


Com mapas in-folio do caminho de ferro de Mormugão, dos caminhos de ferro do sul da Índia, do caminho de ferro de Lourenço Marques, e do caminho de ferro de Luanda a Ambaca, cada um deles complementado com diversos mapas estatísticos e gráficos (mercadorias, movimentos, receitas, etc.). Termina com um mapa desdobrável dos caminhos de ferro do sul de África (63,7 x 57,3 cm).

Álbum (37,5 x 26,5 cm) em cartonagem editorial com lombada em tela verde. Com (2)+xi+(57)+[1] páginas. Capa manchada. Miolo no geral limpo, com ocasionais picos de acidez marginais. Papel superior. Pequeno carimbo azul de oferta do Ministério da Marinha no rosto. No geral, um exemplar interessante.

Edição da 3.ª Repartição da Direcção Geral do Ultramar, do Ministério do Mar e da Marinha, Lisboa, na Typographia da «A Editora», 1905.

Preço: 70 euros.


 


CALENGA


CASTRO SOROMENHO


Contos. Primeira edição, com dedicatória datada ao jornalista Mário Rocha, à época n’O Século Ilustrado.

Capa e ilustrações de Manuel Ribeiro de Pavia. Prefácio de Arthur Ramos. Brochado. 231+(9) páginas. Alguns cadernos por abrir. 19,2 x 12,5 cm. Capa com pequenas manchas, visíveis na fotografia, e lombada amarelecida. Contracapa com mínimas marcas de bicho de papel, pouco perceptíveis. Exemplar interessante. Lisboa: Editorial Inquérito, 1945.

Preço: 40 euros.


 


ARMAS DA GUERRILHA


JEAN-LOUIS BRAU


«Pela primeira vez na Europa, a nomenclatura precisa e pormenorizada das técnicas utilizadas, quer em África, quer no Vietname, quer, ainda, na América Latina.»

Dividido em 3 partes: Os Fundamentos da Guerrilha; O Guerrilheiro e as suas Armas; A Formação do Guerrilheiro.

Edição ilustrada com fotografias, desenhos, esquemas e tabelas. Tradução de Zarco Moniz Ferreira. 190 páginas. 20 x 14 cm. Bom exemplar. Lisboa: Ulisseia, [1974].

Preço: 40 euros.


 


VIDAS NOVAS


LUANDINO VIEIRA


Contos escritos por Luandino Vieira ao longo de um mês, enquanto detido pela PIDE, em Luanda (1962), e editados clandestinamente durante a sua prisão no Tarrafal, iniciada em 1964.

Directeur de la publication: Madame A. Bros.

Com uma página sobre o autor (reproduzida acima), assinada “Edições Anti-Colonial”. Publicado em Paris, onde existia uma forte concentração de exilados e outros opositores, africanos e portugueses, às ditaduras e ao colonialismo. Bom estado: capa com uma ou outra mancha leve; e pequena rubrica de posse, datada de 1968, no canto superior (exterior) da página de rosto. 80 páginas. 17,5 x 12 cm. Paris: Edições Anti-Colonial / Madame A. Bros, [s.d.].

Preço: 60 euros.