PINTURA INCÓMODA


LIMA DE FREITAS


Esta colectânea de pequenos ensaios sobre a pintura, sobre problemas relacionados com a pintura, não tem quaisquer pretensões que não sejam as de abrir discussão sobre algumas questões, quanto a nós, pouco ou mal ventiladas. Giram quase todas estas questões à volta das relações que ligam a obra de arte ao contexto total da vida, isto é, das relações de uma obra de arte com as outras obras de arte e com tudo o que não é arte. [início da Nota de Abertura, p. 11]

Ensaios sobre pintura. Assinado pelo autor com dedicatória de amizade, em 1968. Ilustrado. 220,(4) páginas. 21 x 14 cm. Colecção Vector, n.º 2. Lisboa: Publicações Dom Quixote, 1965.

Preço: 45 euros.


 


QUÍMICA APLICADA ÀS ARTES E ÀS INDÚSTRIAS

PEQUENO MANUAL DE DIVULGAÇÃO QUÍMICA

PEREIRA FORJAZ


1.º volume — Química económica — A química da terra — A química da água — A química do vinho — A química do sabão e das velas — A química da côr — A química da «toillete» e do perfume — A química da cerâmica — A química do sal — A química da soda — A química da guerra.

2..º volume — A química do veneno — A química da pirotecnia — A química dos documentos — A quimica da alimentação — A quimica do leite — A quimica das conservas — Combustíveis e iluminantes — A quimica do vidro — A química da celulose — A química do papel — A química do rádio — A química metalúrgica — O petróleo — O alquimista moderno — Gases de morte — Tabelas úteis ao químico.

Ilustrado com cerca de 500 gravuras, em 886 páginas, no total dos dois volumes, encadernados em conjunto (16 x 12 x 4 cm), em tela gravada a seco, e em bom estado. Vide crítica da época, nos arquivos da SPQ. Lisboa: Livraria Sá da Costa, 1936.

Preço: 45 euros.


 


“O BRASÃO DO AMOR”

(ESTUDO CRÍTICO EM NOVÉLA AMOROSA E SOCIOLÓGICA)

ARTUR D’ALBUQUERQUE


Isto é, vejamos, como um símbolo convertido na mais pura realidade pode representar a visão de uma força penetrante, de um astro que nos arrebata, ou de um pensamento assaz louco, desejosamente concebido no misterioso campo do impossível!
[p. 33]

Brochado. 237,(4) páginas, por abrir. 19 x 12 cm. Pequenas imperfeições. Mantém-se exemplar interessante. Lisboa: Edição do autor, 1934.

Preço: 15 euros.


 


MÔSCAS E MOSQUITOS


prefácio
RICARDO JORGE


Memória da campanha levado a cabo pela Câmara Municipal de Cascais, no final da década de 30 — um grosso volume ilustrado que une cultura e ciência no assunto moscas e mosquitos: humor, música e teatro complementam a parte documental da obra (científica, técnica e histórica) com uma forte componente radiofónica: reproduzem-se algumas das campanhas desenhadas para transmissão sem fios na Emissora Nacional e no Rádio Club Português, parte fulcral das ditas acções camarárias de sensibilização e higienização.

Inclui capítulos sobre “a mosca e o turismo” e “a mosca e o urbanismo“.

No prefácio, Ricardo Jorge recorda as queixas de Camilo, em Seide, «possesso de raiva contra as ferroadas das que na calma de Agosto o acometiam das carvalheiras».

Ilustrado com desenhos, fotografias, fac-similes de documentos e uma pauta musical, em 94 páginas de extra-textos couché, alguns desdobráveis. Colaboração de Emmerico Nunes, Alberto de Sousa, Tomás Ribeiro Colaço, Arnaldo Leite, José de Oliveira Cosme, e outros.

Assinado, numa larga diagonal que atravessa o rosto, por um dos colaboradores, António Augusto Velasco Martins (1896-1944), por então professor da Escola Superior de Medicina Veterinária.

Em brochura. 236,(94) páginas. 24,5 x 17 cm. Capa com manchas leves. Miolo limpo. Bom estado geral. Edição da Junta de Turismo de Cascais, 1939.

Preço: 45 euros.


 


OS POBRES


RAÚL BRANDÃO


A 3.ª edição, de 1925, com capa de Stuart de Carvalhais (desenho impresso em papel couché, colado sobre a encadernação editorial). Carta-prefácio de Guerra Junqueiro (25 páginas), datada de 1902-1903. Com 327,(5) páginas, e 18 x 11,5 cm. Mínimo desgaste exterior. Bom estado geral. Lisboa: Livrarias Aillaud e Bertrand, 1925.

Preço: 18 euros.


 


DE LISBOA A SEVILHA

PELOS PIRINÉOS


ROGERIO PEREZ


Viagem. Excerto de um artigo de Norberto Lopes, no Diário de Lisboa, como prefácio. Passagens por Marrocos, Córdoba, Pirinéus, Madrid, Sevilha, (…).

Capa de Stuart de Carvalhais. Tiragem numerada (ex. n.º 1006), rubricada pelo autor. 190,(2) páginas. 19,4 x 13 cm. Encadernação sintética da época, com manchas leves, pouco relevantes. Possui ambas as capas de brochura, não aparadas e em bom estado, sem defeitos. Miolo no geral limpo. Lisboa: Parceria António Maria Pereira, 1929.

Preço: 22 euros.