O LABIRINTO DO MUNDO


MARGUERITE YOURCENAR


Trilogia autobiográfica completa, com tradução de Helena Vaz da Silva e Alberto Vaz da Silva, composta por:

MEMÓRIAS. Souvenirs Pieux. Título original: Souvenirs Pieux [O Labirinto do Mundo I]. Brochado. 256,(4) páginas. 23 x 15 cm. Lisboa: Difel, 1989.

ARQUIVOS DO NORTE. Título original: Archives du Nord [O Labirinto do Mundo II]. Brochado. 251,(3) páginas. 23 x 15 cm. Lisboa: Difel, 1989.

O QUÊ? A ETERNIDADE. Título original: Quoi? L’Éternité [O Labirinto do Mundo III]. Brochado. 237,(3) páginas. 23 x 15 cm. Lisboa: Difel, 1990.

Os três volumes com ligeiros sinais de uso. Mantém-se um conjunto interessante, e invulgar.

Preço: 45 euros.


 


JIU-JITSU

(ATAQUE E DEFESA)

JOÃO ZAQUI


Ataque e defesa — regras — defesa contra arma branca, arma de fôgo, bordão, bengala.

Contendo os regulamentos japonês e brasileiro.

Ilustrado com 160 gravuras.

Brochado. 110,(2) páginas. 22 x 14,5 cm. Pequenos sinais de uso. Mantém-se um exemplar interessante. São Paulo: Cia. Brasil Editora, 1960.

Preço: 20 euros.


 


JU-DO

(ANTIGO JIU-JITSU)


KWANICHI TAKESHITA


Principais golpes mais modernos adotados pelo Kodo — Kwan do Dr. Kano, para principiantes, regras do Ju-Do, o Kwatsu, defesa contra armas, golpes no sólo, lances.

Ilustrado. Brochado. 95,(1) páginas. 22 x 14,5 cm. Lombada com defeitos. Miolo limpo. Mantém-se um exemplar interessante. São Paulo: Cia. Brasil Editora, 1963.

Preço: 15 euros.


 


A LUTA DE TRACÇÃO

UM TEATRO INFANTIL PARA RECORTAR

[Universidade Eduardo Mondlane]


Título: A LUTA DE TRACÇÃO. Uma aventura do coelho. Adaptação para o teatro infantil de um conto tradicional moçambicano. Com 35 paginas de texto (história, diálogos, indicações para pais e professores, regras do “jogo” para crianças) e 11 folhas de cartão, impressas a cor, de um lado apenas, para recortar as personagens e o cenário. Oblongo: 15 x 20,7 cm. Completo e em muito invulgar bom estado. Edição, no Ano Internacional da Criança, do Instituto Nacional do Livro e do Disco, Maputo, 1979.

Preço: 40 euros.


 


DE LISBOA A SEVILHA

PELOS PIRINÉOS


ROGERIO PEREZ


Viagem. Excerto de um artigo de Norberto Lopes, no Diário de Lisboa, como prefácio. Passagens por Marrocos, Córdoba, Pirinéus, Madrid, Sevilha, (…).

Capa de Stuart de Carvalhais. Tiragem numerada (ex. n.º 1006), rubricada pelo autor. 190,(2) páginas. 19,4 x 13 cm. Encadernação sintética da época, com manchas leves, pouco relevantes. Possui ambas as capas de brochura, não aparadas e em bom estado, sem defeitos. Miolo no geral limpo. Lisboa: Parceria António Maria Pereira, 1929.

Preço: 22 euros.


 


TRÊS CIDADES DE MARROCOS

AZEMÔR – MAZAGÃO – ÇAFIM
«LUGARES DALÉM»

VERGÍLIO CORREIA


Textos das conferências originalmente realizadas pelo autor em Lisboa, Coimbra e Porto, no ano de 1923, com as imagens da autoria de Vergílio Correia ou adquiridas ao fotógrafo Chelle, de Casablanca — e que deram origem a uma  exposição no mesmo ano.

2.ª edição, dirigida por Alice Correia. Ilustrada com 18 estampas fotográficas a preto, em extra-texto couché, das quais cinco de página dupla, e duas desdobráveis. 54,[18],(6) páginas. 18,5 x 13,5 cm. Mínimas imperfeições exteriores. Bom estado geral. Porto: Livraria Simões Lopes, [1950].

Preço: 20 euros.



CHORA, TERRA BEM AMADA!


ALAN PATON


Proibido pela Censura do Estado Novo.

Título original: Cry, Beloved Country. Tradução de A. dos Santos Matias. Capa de Figueiredo Sobral (um único desenho que atravessa capa frontal, lombada e capa posterior).

Brochado. 410,(2) páginas. 19,5 x 14,5 cm. Selo da Livraria Cunha, Coimbra, no interior da página de guarda. Mínimas imperfeições exteriores. Miolo limpo. Bom estado geral. Colecção Século XX, n.º 16. Lisboa: Publicações Europa-América, 1958.

Preço: 14 euros.


 


UM CERTO GOSTO A TAMARINDO

ESTÓRIAS DE ANGOLA


AMARO MONTEIRO


Selecção antológica de alguns contos anteriormente publicados pelo autor, acrescidos de vários inéditos, com prefácio de Amândio César.

Brochado. 227,(5) páginas. 21 x 14,5 cm. Lombada amarelecida. Miolo limpo. Bom estado geral. Braga: Braga Editora, [1979].

Preço: 12 euros.


 


A ERA DA INCERTEZA

UMA HISTÓRIA DAS IDEIAS ECONÓMICAS E DAS SUAS CONSEQUÊNCIAS

JOHN KENNETH GALBRAITH


Título original: The Age of Uncertainty. Tradução de Carolina de Oliveira. Capa de Vitorino Martins. Ilustrado. Brochado. 323,(5) páginas. 23 x 16 cm. Mínimas marcas de uso. Bom estado geral. Colecção Mundo Imediato, n.º 6. Lisboa: Moraes Editores, 1980.

Preço: 14 euros.



A SOCIEDADE DA ABUNDÂNCIA


JOHN KENNETH GALBRAITH


Título original: The Affluent Society. Tradução de F. Oliveira Faia. Brochado. 294,(2) páginas. 21 x 14 cm. Bom estado. Colecção Estudos e Documentos, n.º 200. Lisboa: Publicações Europa-América, [s.d.].

Preço: 15 euros.



ANATOMIA DO PODER


JOHN KENNETH GALBRAITH


Título original: The Anatomy of Power. Tradução de Hilário Torloni, revista por Guilherme Ayala Monteiro. Brochado. 212,(2) páginas. 22 x 15,5 cm. Lisboa: Difel – Difusão Editorial, [s.d.].

Preço: 15 euros.



A CRISE DAS SOCIEDADES INDUSTRIAIS


JOHN KENNETH GALBRAITH


Título original: La Crise des Sociétés Industrielles, edição «Le Nouvel Observateur». Colaborações de Jean Daniel, Olivier Todd, Pierre Mendés France, Michel Rocard, Michel Albert, Roger Garaudy, José Muñoz e André Gorz. Tradução de Pedro Jordão. Capa de Mendes de Oliveira. Brochado. 167,(12) páginas. 17,5 x 11,5 cm. Bom estado geral. Colecção Pistas – Pensamento Vivo, n.º 9. Lisboa: Moraes Editores, 1980.

em conjunto com:

O NOVO ESTADO INDUSTRIAL
JOHN KENNETH GALBRAITH
Título original: The New Industrial State. Tradução de Inês Brandão. Brochado. 512,(4) páginas. 21 x 13,5 cm. Lombada com ligeira descoloração e dois vincos de leitura leves. Miolo limpo. Bom estado geral. Colecção Universidade Moderna, n.º 38. Lisboa: Publicações Dom Quixote, 1973.

Preço: 15 euros.



CAPITALISMO E COMUNISMO

AS PERESTROÏKAS NECESSÁRIAS

JOHN KENNETH GALBRAITH
STANISLAV MENCHIKOV


Título original: Capitalism, Communism and Coexistance. From a bitter past to a better prospect. Tradução de Raul Sousa Machado. Brochado. 232,(4) páginas. 21 x 14 cm. Bom estado. Colecção Estudos e Documentos, n.º 247. Lisboa: Publicações Europa-América, 1989.

Preço: 17 euros.



ESCRITOS DE ECONOMIA


JOHN KENNETH GALBRAITH


Título original: Annals of an Abiding Liberal [«esta edição contém apenas o capítulo I e o apêndice da obra na íntegra»]. Tradução de Eugénio Cavalheiro. Brochado. 230,(2) páginas. 21 x 14 cm. Mínimas marcas de uso. Lisboa: Editorial Notícias, 1985.

Preço: 7 euros.



ECONOMICS AND THE PUBLIC PURPOSE


JOHN KENNETH GALBRAITH


2.ª impressão, em Abril de 1974, no mês seguinte à primeira edição. Encadernação editoiral em tela, sem sobrecapa. xvi,334,(2) páginas. 22 x 14 cm. Bom estado geral. London: André Deutsch, 1974.

em conjunto com:

ALMOST EVERYONE’S GUIDE TO ECONOMICS
JOHN KENNETH GALBRAITH
NICOLE SALINGER

Brochado. 176 páginas. 19,5 x 13 cm. Bom estado. A Pelican Book — Economics, Penguin Books, London, 1988.

Preço: 10 euros.


 


PARA ACABAR DE VEZ COM O JUÍZO DE DEUS


ANTONIN ARTAUD


Para Acabar de Vez com o Juízo de Deus, seguido de O Teatro da Crueldade, de Antonin Artaud, é uma edição &etc traduzida por Luiza Neto Jorge e Manuel João Gomes. [Capa de João Vieira] Abre com um auto-retrato do autor em extra-texto. Prefácio assinado «&etc.». Brochado com sobrecapa. 192 páginas. 17,5 x 15,5 cm. Mínimo carimbo de posse a um canto do rosto, quase imperceptível. Miolo limpo. Bom exemplar. Invulgar. Um dos primeiros livros editados pela histórica editora de Vitor Silva Tavares. Lisboa: edições &etc, 1975.

em conjunto com
:

Pour En Finir Avec le Jugement de Dieu
ANTONIN ARTAUD
[Disco de Vinil]

Edição remasterizada da gravação original (poème radiophonique enregistré entre les 22 et 29 novembre 1947), que não chegou a ser transmitido na rádio francesa, meio para o qual a peça tinha sido encomendada, logo a seguir ao final da Segunda Guerra Mundial. Tiragem única de 500 exemplares numerados (este o número 040), esgotada. LP selado de fábrica (mint condition). Editado na Alemanha, em 2017, pelas edições Fantôme Phonographique.

Preço (livro + disco): 115 euros.


 


A CRUZADA DAS CRIANÇAS


PAULA REGO


«Nas gravuras A Cruzada das Crianças, Paula Rego regressa à história e à lenda. Ilustrando livremente factos relacionados com a utilização de menores nas lutas medievais pela reconquista de Jerusalém a pintora convoca os factos recentes das crianças usadas nas guerras africanas e asiáticas.» [João Pinharanda].

Catálogo da exposição de uma série de 12 gravuras, na Galeria 111, Lisboa e Porto, Maio de 1999. Com um texto de Paul Coldwell, o impressor das gravuras na Culford Press, e reproduções a cor da totalidade da série (12).

Brochado. 16 páginas. 29,8 x 21 cm. Pequenos sinais de uso exteriores. Bom estado geral. Lisboa: Galeria 111, 1999.

Preço: 15 euros.


 


FABLES


LA FONTAINE


Notícia biográfica inicial sobre La Fontaine (p. v-viii) por Antoine-Jean Cassé de SAINT-PROSPER.

Ilustrado com 12 gravuras em extra-texto, e uma vinheta no rosto.

A Paris, [chez l’éditeur, Rue Montmartre, n. 39;] Mme. Lardière, Libraire [rue Sainte-Marguerite Saint Germain, n. 19], 1830.

Possui índice alfabético das fábulas no final. viii,[12],472 páginas. 18 x 10 cm. Antiga encadernação inteira de pele, com vários pontos de desgaste e o pé da lombada meio-desfeito — mantém-se, porém, um volume sólido. Sem capas de brochura. Miolo algo acidificado ou levemente manchado em muitas das páginas e gravuras. Um exemplar interessante, e raro, com assinatura de posse (no ante-rosto) e monograma (no rosto) de Alberto Cupertino Pessoa.

Preço: 75 euros.


 


A POESIA DOS TROVADORES

(SÉCULOS XII-XV)

VITORINO NEMÉSIO


Primeira edição. Antologia com selecção e prefácio de Vitorino Nemésio. Alguns dos trovadores antologiados:

Pero Velho de Taveirós, D. Fernão Pais de Tamalancos, João Soaires Somesso, Martim Soares, Rui Pais de Ribela, Osoir’ Eanes, Nuno Eanes Cerzeo, D. Sancho I, D. Gil Sanches, Pai Soares de Taveirós, Vasco Gil, Rui Gonsalves de Porto-Carreiro, João Baveca, Rui Queimado, Pero Malfado, Juião Bolseiro, Bernardo de Bonaval, Pero da Ponte, João Garcia de Guilhade, Lourenço, D. João Peres de Aboim, D. João Soares Coelho, D. Afonso X de Castela (o Sábio), Pero Garcia Burgalés, Rodrigo Eanes Redondo, Fernão Rodrigues de Calheiros, Martim Codax, Mendinho, D. Gonçalo Eanes do Vinhal, Pai Gomes Charinho, Rui Fernandes, Fernão Forjaz, João Lopes de Ulhoa, João Zorro, Airas Nunes, Nuno Fernandes Torneol, João Airas (de Santiago), Martim Pedrozelos, Nuno Peres (ou Fernandes), Nuno Peres Sandeu, Pero de Viviães, Martim de Ginzo, Pedro Eanes Solaz, Pero Meogo, Fernão Rodrigues de Seabra, Pero de Veer, Vidal, D. Dinis, D. Afonso Sanches, Estevão Coelho, D. João Mendes de Briteiros, Fernando Esguio, Afonso Álvares de Villasandino, Gomez Manrique, Garci Fernandes de Gerena, Macias o Namorado, Marquês de Santanilha, Infante D. Pedro, Lais de Tristan e Lançarote.

Volume brochado. xxiv,220,(4) páginas. 21 x 15 cm. Lombada amarelecida e com mancha leve junto ao pé. Pequeno risco junto à margem lateral exterior da capa. Miolo limpo. Bom exemplar. Colecção Antologia da Poesia Portuguesa. Lisboa: Instituto para a Alta Cultura, 1950.

Preço: 35 euros.


 


PROJET DE RÉFORME PARLEMENTAIRE ÉLECTORALE

ADRESSÉ A L’ASSEMBLÉE NATIONALE LÉGISLATIVE DE LA FRANCE

LUCIANO LOPES PEREIRA


Autografado pelo autor, docteur de la faculté de médecine de Paris, natural de Tomar, com dedicatória «ao distincto historiador portuguez A. Herculano».

Resumido da seguinte forma no rosto: Organisation législative intégrale (A bas les monocéphalies et bicéphalies législatives); Representation des classes (A bas l’absurde représentation des localités); Hiérarchie des capacités (A bas les capacités improvisées); Système des candidatures (A bas la duperie électorale).

Encadernação da época, gravada a ouro, com desgaste superficial. Alguma acidez no papel. Apuro tipográfico de nota. 20 páginas. 25 x 17 cm. Raro. Rio de Janeiro: Typographia Franceza, 1849.

Preço: 45 euros.



«A ESCOLA COIMBRû


JOSÉ FELICIANO DE CASTILHO


Números 14 e 24 (apenas a Segunda Parte) da lista de Inocêncio relativa à «Questão Coimbrã», ou «Bom Senso e Bom Gosto», dois entre vários apodos que a polémica recebeu.

A ESCOLA COIMBRÃ. Cartas do Sr. Conselheiro José Feliciano de Castilho Barreto e Noronha. Com lista de XIX títulos publicados, até então, «sobre a actual questão litteraria», na capa posterior. Folheto brochado. 32 páginas. 19,5 x 12,5 cm. Capa meio-solta, com foxing ligeiro, que toca pontos do miolo. Mantém-se um exemplar interessante. Lisboa: Typographia do Futuro, 1866.

A ÁGUIA NO OVO E NOS ASTROS, sive A ESCHOLA COIMBRÃ na sua Aurora e em seu Zenith. Livro de propaganda destinado a dous enormes fins: o 1.º restituir a gloria da invenção ao verdadeiro fundador da Eschola; o 2.º demmonstrar, por meio de commentarios a uma das mais primorosas producções da Eschola, que só naquella religião litteraria pode haver salvação; por Um Lisboeta Convertido. Segunda Parte. Brochado. (30) páginas [num. 38-62]. 23 x 15 cm. Capas em mau estado, com manchas e faltas de papel essencialmente marginais. Miolo no geral limpo, com esporádicas manchas, piores no início e no final. Rio de Janeiro: Typographia do Commercio, de Pereira Braga, 1866.

Preço: 30 euros.


 


NÃO SE FOGE AO DESTINO

COMEDIA EM UM ACTO

Imitação do Francez por
ANTÓNIO JOSÉ RODRIGUES LOUREIRO


Representada com applauso no Porto, etc.

Folheto. 16 páginas. 16 x 11,5 cm. Papel algo acidificado. Colecção Theatro Contemporaneo, fundada em 1869, por Diogo Seromênho – Editor, Lisboa, 1883.

Preço: 7 euros.


 


O AUTO DAS REGATEIRAS DE LISBOA

COMPOSTO POR UM FRADE LOYO FILHO DE HUÃ DELAS

SILVEIRA BUENO


2.ª edição, revista e aumentada. Capa de Cambraia. Brochado. 394,(4) páginas. 19,5 x 13,5 cm. Capa com manchas ligeiras. Miolo no geral limpo. Assinatura de posse no rosto. Bom exemplar, da tiragem normal. Colecção Cultura Literária, n.º 4. Lisboa: Pro Domo, 1945.

Preço: 20 euros.


 


ELEMENTOS PARA A HISTÓRIA
DO MUNICÍPIO DE LISBOA


EDUARDO FREIRE DE OLIVEIRA


Título e autor, tal qual figuram no rosto: Elementos para a História do Município de Lisboa, por Eduardo Freire de Oliveira, arquivista da Camara Municipal da mesma cidade. 1.ª PARTE. Publicação mandada fazer a expensas da Camara Municipal de Lisboa, para commemorar o centenario do Marquez de Pombal em 8 de Maio de 1882.

Mais de 10 mil páginas de documentos oficiais de algum modo relevantes, organizados cronologicamente e alusivos a séculos de assuntos invariavelmente díspares — as iguarias de um banquete celebratório, a colocação na prisão do Limoeiro do líder de uma «companhia de comediantes de Castella», a lista das pessoas de cada freguesia que se recusam a participar numa campanha de limpeza pública, a morte do rei —, num panorama que permite acompanhar os reflexos da política e da história do país nas várias decisões e questões do município d’esta cidade onde desde muito cedo esteve instalado um Governo demasiado centralista.

Temos assim «a carta regia que trouxe a communicação official da morte de Filippe II» (tomo II, quase todo dedicado ao “tempo dos Filipes”, pág. 590), «a ruína de Lisboa», no sábado 1 de Novembro de 1755 (tomo XVI, a partir da página 133, com lista e descrição sumária de abalos sísmicos anteriores, nomeadamente os de 1309, 1321, 1344, 1356, 1512, 1531, 1551, 1575, 1597, 1598, 1699 e 1724), a inauguração da estátua equestre de D. José (em parte citada aqui) ou a «consulta da Cammara a el-rei em 2 de julho de 1650», onde se propõem os nomes de «doze fidalgos, doze cidadãos e doze homens do povo» para «terem as chaves das quatro portas da cidade» (tomo V, p. 208, antecedendo em algumas páginas a lista exaustiva dos preços de venda de todo o tipo de animais para alimentação, indexados inteiros, em partes, e por género).

O primeiro documento transcrito no tomo I, que não o foral de 1179, data de 7 de Novembro de 1190, e o último documento transcrito no tomo XVII data de 23 de Agosto de 1777. Entre ambos, os diversos prefácios e as anotações constantes de Freire de Oliveira (1841-1916) desvelam e aprofundam as origens e importância dos textos que transcreve. Contém ainda algumas ilustrações, muito poucas, destacando-se a litografia da Divisa da Cidade, que abre o tomo X, ou a «planta litographada da sala das sessões do senado da camara de Lisboa, que acompanha a carta regia de 13 de Novembro de 1773» (tomo I, pág. 68).

[Para uma descrição mais detalhada da cronologia de cada tomo, consulte-se o artigo de António Miranda na Rossio n.º 1, de 2013. Como o plano cronológico da 1.ª parte da obra deveria ter prosseguido até ao ano do início da publicação (1882), suspeita-se que, além da nunca publicada 2.ª parte, também desta 1.ª parte terá ficado por publicar pelo menos um tomo, para o período 1777-1882.]

Obra completa (tudo quanto se publicou), em XVII tomos de 24,5 x 16,5 cm (66cm de estante), Lisboa: Typographia Universal, 1882-1911.

Tomo I, 1885; (12),661,(5) págs. — Tomo II, 1887; xiv,593,(2) págs. — Tomo III, 1888; vi,584,(3) págs. — Tomo IV, 1889; xii,628,(3) págs. — Tomo V, 1891; vi,620,(3) págs. — Tomo VI, 1893; ix,627,(2) págs. — Tomo VII, 1894; cxii,466,(3) págs. — Tomo VIII, 1896; vi,593,(3) págs. — Tomo IX, 1898; vi,617,(4) págs. — Tomo X, 1899; viii,595,(2) págs. — Tomo XI, 1901; vi,632,(3) págs. — Tomo XII, 1903; (10),652,(3) págs. — Tomo XIII, 1904; (6),622,(3) págs. — Tomo XIV, 1906; (6),634,(3) págs. — Tomo XV, 1906; (6),630,(3) págs. — Tomo XVI, 1910; xiv,567,(4) págs. — Tomo XVII, 1911; (6),622,(3) págs.

Acrescentam-se os dois volumes de índices, publicados cerca de 40 anos mais tarde: Índice dos «Elementos para a História do Município de Lisboa», por Esteves Rodrigues da Silva, sob a direcção de Jaime Lopes Dias, 2 vols., Lisboa: Câmara Municipal, 1942-1943. Com 396 e 578 páginas, e 22,5 x 17 cm. Capa do volume II com um rasgo restaurado. Páginas por abrir.

Todos os 19 volumes em brochura e 17 deles com as páginas por abrir. Bom estado geral, com não mais do que pequenos defeitos dispersos (muito ocasionais picos de humidade; algumas lombadas mais amarelecidas que outras; bicho de papel que atacou superficialmente a capa do tomo VI; e situações afins, de pouca monta).

Conjunto invulgar.

Preço: 420 euros.



 


ORAÇÃO DA COROA


DEMÓSTENES


Versão do grego, prefácio e notas de Vieira de Almeida, e carta-prefácio de Rebelo Gonçalves. Exemplar n.º 40 da tiragem especial de 100 exemplares numerados e rubricados, impressos em papel Leorne, da Companhia do Papel do Prado.

Brochado. Não aparado. ccxlvi,(2),95,(5) páginas. 25 x 17 cm. Bom exemplar. Colecção de Clássicos Sá da Costa. Lisboa: Sá da Costa Editora, 1956.

Preço: 35 euros.


 


CARTEIRA DO ARTISTA


SOUSA BASTOS


Apontamentos para a Historia do Theatro Portuguez e Brazileiro acompanhados de notícias sobre os Principaes artistas, escritores dramaticos e compositores estrangeiros.

Jornalista e “homem do teatro” — empresário, director teatral, encenador e ensaiador, dramaturgo e dramatógrafo —, António de Sousa Bastos (1844-1911), marido da actriz Palmira Bastos, compilou esta grande e pequena história do teatro português seu contemporâneo, o do final do século XIX, com espaço para muito mais do que actores, dramaturgos e salas de teatro.

Os índices alfabéticos listam: actores portuguezes e brazileiros; actrizes portuguezas e brazileiras; aderecistas; architectos, auctores de figurinos e decoradores; artistas dramáticos estrangeiros; benemeritos do theatro; cabelleireiros de theatro; cantores portuguezes; companhias diversas; contraregras; curiosidades theatraes; decretos, portarias, tratados e outros documentos referentes ao theatro; diversos empregados de theatro; dramas, comedias, tragedias, operas-comicas, revistas e peças phantasticas notaveis pelo seu merecimento ou pelo sucesso que obtiveram; emprezarios theatraes; ensaiadores portuguezes e brazileiros; escriptores, dramaticos e criticos theatraes, portuguezes e brazileiros; escriptores dramaticos estrangeiros; guarda-roupas; machinistas; musicos estrangeiros; musicos portuguezes e brazileiros; operas e dansas; pontos; scenographos; theatros estrangeiros; e theatros portuguezes e brazileiros.

Esta espécie de enciclopédia caótica do teatro, repleta de pequenas gravuras, está inicialmente organizada cronológicamente, por dias e meses do ano: nascimentos de determinado actor, estreia de uma dada peça, abertura de uma nova sala, etc.
O dito calendário ocupa um pouco mais de metade do livro, bem organizada mas, a partir da página 475, a sucessão de apêndices, acrescentos, correções, adendas, novas informações, rectificações, ampliações e eventos sem data torna a pesquisa de informação uma curiosa aventura proto-hipertextual para a qual o índice de 30 páginas é a peça chave.

Primeira edição. Com 868 páginas, e 26 x 18,5 cm. Encadernação com lombada em pele, com ligeiro desgaste. Aparado. Conserva a capa de brochura anterior, uma litografia de Rafael Bordalo Pinheiro. Pequenas e inócuas marcas de bicho do papel em algumas páginas. Assinatura de posse no rosto. Exemplar interessante, sólido, em bom estado geral. Lisboa: Antiga Casa Bertrand — José Bastos, Editor, 1899.

Preço: 80 euros.


 

Disponível online, digitalizado, aqui.

 


 


DAVID TRIUNFANTE

Poema Heroico Offerecido ao Illustrissimo e Excelentissimo
Senhor D. Vicente de Sousa Coutinho, Conde d’Alva, por…

ANTONIO VIALE


Quando o architecto risca o desenho de um edificio, costuma sempre ajuntar-lhe um petipé, ou escala de palmo, que manifeste a vastidão da fabrica que elle se propõe construir; e o pequeno desenho deixa de parecer tal, logo que se observa a relação das proporções e idéas analogas concebidas pelo artista. Servindo-me deste simile que me ministra uma das Bellas Artes alliadas da Poesia, rogo aos Leitores que quando lêrem este pequeno poema, recorram á escala de palmo, i.e. aos doze annos que apenas conta de idade o seu juvenil autor; e então espero que relevarão benignos os deffeitos que lhe notarem; lembrando-se ao mesmo tempo que a mais perfeita pintura foi talvez na sua origem um bem informe debuxo. [nota do editor, pág. VII]

O autor [1806-1889], natural de Itália, compôs este poema heróico com 12 anos de idade; prosseguiria carreira nas letras portuguesas, passando mais tarde a assinar ANTÓNIO JOSÉ VIALE, e destacando-se principalmente como latinista e helenista. Publicou diversas obras sobre Camões e Os Lusíadas.

Encadernação “caseira” em papel de cartolina verde. Sem capa de brochura. Com (viii),23 páginas, e 19,5 x 14 cm. Miolo aparado, em excelente papel. Carimbo sumido da antiga biblioteca do Colégio de Campolide na folha de rosto. Bom estado geral. Lisboa: na Impressão Régia, 1819.

Preço: 25 euros.


 


O CASO DA ELEIÇÃO DE MISS PORTUGAL

para o concurso mundial de beleza do Rio de Janeiro, de 1930,
perante o Supremo Tribunal de Justiça


Minuta de Revista feita pelo advogado, do Porto,
DR. AFONSO DE ALBUQUERQUE


Recorrente: D. Maria Madalena da Gama Braga de Sá Teixeira, de Lisboa. Recorridas: A Renascença Gráfica, soc. an. port. de resp. limitada, proprietária do jornal Diário de Lisboa, e D. Fernanda Gonçalves, «desta cidade». Com 124 páginas e 23 x 16 cm. Bom estado. Porto: Tipografia Progresso, 1934.

Um pedido de indemnização por perdas e danos, por uma das finalistas, devido a uma questão de idade nos regulamentos. Um concurso onde as concorrentes teriam de ser «solteiras e reconhecidamente honestas, não importando a sua categoria social», e «distintas de apresentação». Uma das questões contra as quais o advogado se insurge é o facto de o Diário de Lisboa ter aproveitado o seu espaço mediático para auto-defesa pública.

Preço: 22 euros.


 


A REVOLUÇÃO PORTUGUESA


JESUS PÁBON


Publicado originalmente em espanhol, em 2 volumes, o ensaio histórico de Jesus Pábon sobre as duas décadas que antecederam o Estado Novo recebeu quase de imediato o Prémio Camões, do SNI, em 1951, antes mesmo da publicação da tradução portuguesa.

Historiador bem posicionado no regime franquista, Pábon assume uma visão parcial, de extrema-direita, sobre a Revolução Portuguesa de 1910 e a Primeira República Portuguesa, destacando sempre «a desordem, a demagogia e a instabilidade governativa» [cit. aqui] por contraponto à bonança trazida pelo 28 de Maio. A obra começa com um elogio a D. Carlos e termina com uma citação de Salazar.

Ilustrado. Prólogo do autor. Tradução de Manuel Emídio e Ricardo Tavares. 684,(4) páginas. 23,8 x 16 cm. Encadernação sintética sóbria, mantendo as capas de brochura originais. Miolo aparado, com algumas manchas de oxidação e marcas de restauro. Carimbo de posse sumido no ante-rosto. Bom estado geral. Colecção Grandes Estudos Históricos. Lisboa: Editorial Aster, [s.d.]

Preço: 22 euros.


 


MEMÓRIAS DE UM VENCIDO

(1882-1921)

ANTÓNIO CLARO


Título completo: Memórias de um Vencido, que são a pintura fiel, quanto possível, das minhas recordações desde 1882 a 1921.

«… livro em que ele revive a sua vida desde as estúrdias da boémia coimbrã (…) até à tragédia do 31 de Janeiro, ao exílio forçado por terras de Espanha e do Brasil e ao exílio voluntário com o coração cheio de nojo pelas baixezas torpes de certo jacobinismo republicano.» [aqui]

Brochado. 258,(2) páginas. 19 x 12 cm. Lombada amarelecida. Miolo limpo. No geral, bom exemplar. Porto: Livraria Civilização, 1924.

Preço: 20 euros.


 


VICTOR HUGO

A SUA INFLUÊNCIA NA MENTALIDADE PORTUGUESA DA SEGUNDA METADE DO SÉCULO PASSADO

ALBERTO MOREIRA


Assinado pelo autor com dedicatória «ao Talentoso Poeta e meu Prezado Amigo Amadeu Santos», no ante-rosto, datada de Março de 1952.

Com inéditos de Guilherme Braga e Guerra Junqueiro.

Brochado. Retrato de Victor Hugo, em couché, a par do rosto. 30,(2),[1] páginas. 22 x 16 cm. Capa com manchas leves e pequenos sinais de uso. Miolo no geral limpo, com uma sugestão de correcção a lápis num trecho na página 16. Exemplar da tiragem normal. Porto: Typ. e Enc. Domingos de Oliveira, 1952.

Preço: 18 euros.


 


SEGUNDA CONFERÊNCIA DE ASTRONOMIA


JOSÉ MARIA DA PONTE E HORTA


Conferência no Grémio Literário, sendo o autor — futuro governador de Macau (1866-1868) e Angola (1870-1873) — professor da Escola Politécnica.

Brochado. 25,(1) páginas, por abrir. 19,8 x 12,3 cm. Intonso. Bom estado de conservação. Série Conferências no Grémio Literário. Lisboa: Typographia Portugueza, 1865.

Preço: 24 euros.


 


O FOGO E O VINHO DE GALILEU


AGOSTINHO DOS REIS MONTEIRO


Ensaio bio-bibliográfico sobre Galileu Galilei: «o sujeito epistémico, que, após longa e vagabunda gestação, Descartes deu metafisicamente à luz, refulge, incarnado e incriminado, perante os funestos inquisidores, na mortificada e resplandescente figura de Galileu». Inclui tábua cronológica dos séculos XVI e XVII.

Brochado. 154 páginas. 18 x 12 cm. Bom estado. Colecção Movimento n.º 32. Lisboa: Livros Horizonte, 1983.

Preço: 8 euros.


 


THÈSE D’ASTRONOMIE

POUR LE DOCTORAT ÈS SCIENCES MATHÉMATIQUES


JOAQUIM-ANTÓNIO RODRIGUES DE PASSOS


Je me propose, dans ce travail, de donner avec beaucoup de développement:
1.º. Les détails relatifs à la découverte de Newton;
2.º Les séries par lequelles on résout le problème de Képler, qui consiste à trouver l’anomalie vraie, ainsi que le rayon vecteur de l’orbite, en fonction de l’anomalie moyenne.
[p.2]

Com assinatura de posse e selo de biblioteca pessoal (na capa), com o número 110 manuscrito, de José de Saldanha [1839-1912, químico, mineralogista, bibliófilo] e, na primeira página do texto, o carimbo azulado da biblioteca de B. M. Tavares de Proença e José de Saldanha Oliveira e Sousa, com o mesmo número 110 manuscrito ao centro.

Intonso. Capas de brochura azuis. 42 páginas. 28,5 x 22,5 cm. Capa com pequenos defeitos. Miolo com manchas. Paris: Malllet-Bachelier, imprimeur-libraire du Bureau des Longitudes, de l’École Polytechnique, etc., 1853.

Preço: 35 euros.


 


MANUAL DE ATLETISMO


CONSELHO PROVINCIAL DE EDUCAÇÃO FÍSICA


Ilustrado com desenhos, tabelas e fotografias a preto, no texto. Brochado. 202,(2) páginas. 24,5 x 17 cm. Mínimas imperfeições exteriores, nas arestas. Miolo limpo. Bom estado geral. Impresso nas Oficinas Gráficas ABC, Luanda, 1962. Luanda: Conselho Provincial de Educação Física da Província de Angola, 1961.

Preço: 25 euros.


 


TERRA MORTA


CASTRO SOROMENHO


1.ª edição portuguesa, proibida pela censura. Capa de Sebastião Rodrigues. 267,(5) páginas. 19 x 12 cm. Usado. Cartonagem editorial em bom estado, com sobrecapa com imperfeições marginais — protegida com sobre-sobrecapa de melinex — e marcas de restauro nas arestas das badanas. Miolo limpo salvo assinatura de posse no rosto. Sólido. Lisboa: Editora Arcádia, 1961.

Preço: 12 euros.


 


CALENGA


CASTRO SOROMENHO


Contos. Primeira edição, com dedicatória datada ao jornalista Mário Rocha, à época n’O Século Ilustrado.

Capa e ilustrações de Manuel Ribeiro de Pavia. Prefácio de Arthur Ramos. Brochado. 231+(9) páginas. Alguns cadernos por abrir. 19,2 x 12,5 cm. Capa com pequenas manchas, visíveis na fotografia, e lombada amarelecida. Contracapa com mínimas marcas de bicho de papel, pouco perceptíveis. Exemplar interessante. Lisboa: Editorial Inquérito, 1945.

Preço: 40 euros.


 


OS HISTORIADORES E OS RIOS

NATUREZA E RUÍNA NA AMAZÔNIA BRASILEIRA

VICTOR LEONARDI


Ilustrado a preto e a cor, no texto. Fotografias de Juan Pratginestós. Índice remissivo no final. Brochado. 270,(2) páginas. 21 x 14 cm. Mínimos sinais de uso exteriores. Miolo limpo. Bom estado geral. Brasil: Paralelo 15 Editores / Editora Universidade de Brasília, 1999.

Preço: 18 euros.


 


ZUMBI DOS PALMARES

A HISTÓRIA DO BRASIL QUE NÃO FOI CONTADA

EDUARDO FONSECA JÚNIOR.


«Na esperança de um país e vida melhores, todos os povos vieram para o Brasil, mas foram os negros africanos que construíram este país para um colonizador que nenhum valor dava a esta terra.»

Ilustrações e litogravuras de Jorge Vitor. Brochado. 461,(1) páginas. 20,5 x 13,5 cm. Mínimas marcas de uso exteriores. Bom estado geral. Rio de Janeiro: Yorubana do Brasil, 2000.

Preço: 17 euros.


 


A VIDA FORA DAS FÁBRICAS

COTIDIANO OPERÁRIO EM SÃO PAULO
1920-1934

MARIA AUXILIADORA GUZZO DECCA


Capa de Isabel Carballo. Brochado. 135,(1) páginas. 20,5 x 13,5 cm. Lombada e margens adjacentes das capas amarelecidas. Miolo limpo. Colecção Oficinas da História, vol.3. Rio de Janeiro: Editora Paz e Terra, 1987.

Preço: 12 euros.


 


IMPRESSÕES DE VIAGEM

CPC, VANGUARDA E DESBUNDA: 1960/70


HELOÍSA BUARQUE DE HOLLANDA


«Ao investigar três momentos recentes da produção cultural brasileira — a participação engajada dos Centros Populares de Cultura (os CPCs de 1962, 63 e 64), a explosão anárquica do tropicalismo (1967/68) e a arte marginal do início dos anos 70 —, o trabalho de Heloísa acaba discutindo atitudes intelectuais que ainda alimentam os debates de hoje. O artista deve estar “ao lado do povo”, cortejando-o, como faziam os cepecistas, ou deve agredi-lo, como pregavam os tropicalistas; ou, nem uma coisa nem outra, como a contracultura, que não pretende nada a não ser a descrença?» [da badana]

Texto adaptado da tese de doutoramento em Literatura Brasileira, defendida na Faculdade de Letras da UFRJ, sob a orientação de Afrânio Coutinho, em 1978.

3.ª edição. Brochado. 199,(1) páginas. 21 x 14 cm. Bom estado. Rio de Janeiro: Rocco, 1992.

Preço: 17 euros.


 


MORTE E VIDA SEVERINA

E OUTROS POEMAS EM VOZ ALTA

JOÃO CABRAL DE MELO NETO


2.ª edição. Desenho da capa e ilustrações de Carybé. Com um marcador de livros da Galeria de Arte Quadrante (onde expunham Vespeira, Ana Hatherly, Melo e Castro, etc. — lista de artistas numa das faces do marcador).

Brochado. 151,(1) páginas. 21 x 14 cm. Lombada e margem adjacente da capa levemente amarelecidas. Miolo limpo. Bom exemplar. Rio de Janeiro: Editora Sabiá, 1967.

Preço: 18 euros.


 


DANIEL VIGLIETTI

A AMÉRICA LATINA CANTA E LUTA


MÁRIO CORREIA


Direcção da edição, prefácio, notas e entrevista de Mário Correia. Capa com adaptação de um cartaz da Casa da Solidariedade com a América Latina, onde o artista actuou.

Brochado. 117,(3) páginas. 18,5 x 12 cm. Mínimas imperfeições exteriores. Miolo limpo. Cadernos Mundo da Canção, n.º 1. Porto: Mundo da Canção, 1978.

Preço: 14 euros.


 


CANTARES


JOSÉ AFONSO


1.ª edição. Proibido pela censura.

Coordenação e textos de Manuel Simões e Rui Mendes, com notas de José Afonso. Brochado com sobrecapa. 84,(2) páginas. 21 x 12 cm. Capas interiores em cartolina preta. Lombada amarelecida. Ligeiras imperfeições na margem superior (frontal) da sobrecapa. Na face posterior da sobrecapa, pequenas manchas superficiais generalizadas, próprias do tipo de papel usado, que não tocam o interior. Capas interiores e miolo limpos, salvo assinatura de posse no ante-rosto. Raro. Colecção Poesia, 1. [Tomar]: Nova Realidade, [1966].

Preço: 60 euros.


«A ideia de publicar uma primeira recolha dos textos de José Afonso nasceu de um grupo de pessoas que frequentava a Pastelaria Sirius, na rua da Sofia, em Coimbra. Nessa altura o autor trabalhava como professor em Moçambique. De Coimbra chegaram-lhe os textos transcritos das canções, que ele devolveu corrigidos e a que juntou novos textos e comentários.» [AJA, cit. Manuel Simões]


 


MEMÓRIAS INÉDITAS DA RAINHA DONA AMÉLIA


LUCIEN CORPECHOT


«This memoir, written by a French journalist while its subject was still very much alive, reads almost like a work of fiction that bates the last days of the Portuguese monarchy in a soft glow of regret. The queen is portrayed as a woman whose courage was tested in many dramatic ways. Corpechot recounts stories of her rescuing the infant Luís Filipe from a cradle that had somehow caught fire, and plunging into the sea to help save a fisherman who had got himself into trouble.» [Malyn Newitt]

Título completo: Memórias Inéditas da Rainha Dona Amélia de Portugal. História dolorosa d’uma Princeza da Casa de França. Compendiadas por Lucien Corpechot.

Rara primeira edição em português, impressa em Paris. Tradução de Mello Menezes. Ilustrado com diversos  retratos fotográficos da família real, a preto, em extra-textos couché.

Volume intonso. Brochado. 143,(7) páginas. 19 x 12 cm. Pequena etiqueta de antiga biblioteca pessoal com o número «69» manuscrito, à cabeça da lombada. Muito bom estado de conservação. Rio de Janeiro: Casa A. Moura, 1913.

Preço: 40 euros.


 


SCÈNES DE LA VIE DE BOHÈME


HENRY MURGER


Romance onde perpassa o «espírito do tempo» parisiense, originalmente publicado em folhetim de jornal e coligido em 1851, foi adaptado para ópera por Puccini — La Bohème, estreado em 1896.

Brochado. 222,(2) páginas, por abrir. 18,5 x 12 cm. Lombada amarelecida e com uma pequena mancha marginal. Ligeiro foxing na capa. Miolo limpo. No geral, mantém-se bom exemplar. Genève: Collection des Chefs d’Oeuvre, 1944.

Preço: 12 euros.



ANTOLOGÍA POÉTICA


ANTÓNIO OSÓRIO


Exemplar autografado por António Osório com dedicatória ao poeta e editor António Campos. Tradução, selecção e introdução de Ángel Crespo.

Antologia bilingue. Diseño gráfico de Julio Álvarez. Fotografia de António Osório por Gonçalo Ivo. Brochado. 111,(9) páginas. 20 x 14 cm. Muito bom estado de conservação. Zaragoza: Olifante Ediciones de Poesía, 1986.

Preço: 35 euros.


 


30 POEMAS


ÁNGEL CRESPO


Exemplar assinado e datado pelo autor com dedicatória à actriz Hermínia Tojal («que ha leido maravillosamente algunos de estos poemas») — e enriquecido por anotações a lápis, da própria Hermínia Tojal, em várias páginas, que em tudo indiciam ter sido este o exemplar de uso numa leitura pública de alguns dos poemas.

Poemas traduzidos por António Osório, Eugénio de Andrade, José Bento e Mário Cláudio.

Tiragem de 500 exemplares. Brochado. 46,(2) páginas. 20 x 13,5 cm. Colecção Folhas Novas, nº2, dirigida por Hélder Moura Pereira, para a editora Gota de Água, Lisboa, 1984.

Documento invulgar.

Preço: 40 euros.



COLECCIÓN DE CLIMAS

(1975-1978)

ÁNGEL CRESPO


Com dedicatória de amizade, manuscrita pelo autor, ao poeta e editor António Campos.

Edição original. Brochado. 63,(5) páginas. 20 x 12,5 cm. Pequenos sinais de uso exteriores. Miolo limpo. Volume 42 da colecção Aldebaran, dirigida por Jose Luis Nuñez. Sevilla: Aldebaran, 1978.

Preço: 35 euros.



EN MEDIO DEL CAMINO

(POESÍA, 1949 – 1970)


ÁNGEL CRESPO


Antologia que «revisita e organiza» a obra poética de Ángel Crespo.

Exemplar autografado, pelo autor, com dedicatória datada de 1981, ao poeta e editor António Campos.

Edição original. Volume brochado. 290,(2) páginas. 19,5 x 12,5 cm. Capa com marcas de uso. Miolo limpo. Mantém-se um exemplar interessante. Colecção Poesía, Seix Barral, Barcelona, 1971.

Preço: 30 euros.


 


TRÊS AUTORES
TRÊS CONTOS


ÁNGEL CRESPO
JOÃO VICENTE DE OLIVEIRA CHARRUA
OCTÁVIO RODRIGUES DE CAMPOS


Rara edição do efémero Círculo de Letras e Artes de Lisboa. Um de dois exemplares endereçados ao fundador e director do jornal Litoral, David Cristo, escritor e jornalista natural de Aveiro. Inclui uma dedicatória manuscrita, no rosto da obra, em nome do Círculo, e uma carta dactiloscrita assinada pelo director do mesmo, datada de 27 de Agosto de 1956, requisitando menção bibliográfica a esta edição no dito jornal, bem como a permuta futura entre as edições de ambos.

Contos da autoria de Ángel Crespo («Ratazanas»), João Vicente de Oliveira Charrua («Excitação») e Octávio Rodrigues de Campos («Baile de Máscaras»). Com cinco páginas biobibliográficas sobre os autores: a de Ángel Crespo reproduz um artigo de Octávio Rodrigues de Campos nas Selecções Femininas; as outras duas vão assinadas por Mário Gomes e Mário Mota.

Brochado. 54,(4) páginas. 16,5 x 11,5 cm. Conjunto cansado — capas soltas, com pequenas manchas e remendos “caseiros” na lombada; papel da carta enrugado e manchado.

Impresso na Tipografia Ala Esquerda, de Beja, a 1 de Agosto de 1956, com o patrocínio do jornal Ribamar, de Algés, dirigido e editado João Vicente de Oliveira Charrua, e com secretariado de redacção de Octávio Rodrigues de Campos. Na contracapa, publicidade à oficina automóvel de Armando dos Santos Baião, em Évora, que remete engenhosamente para um dos três contos.

Preço: 20 euros.


 


DONDE NO CORRE EL AIRE

(1974-1979)

ÁNGEL CRESPO


Primeira edição. Tiragem numerada de 500 exemplares (este o número 85). Com uma fotografia do autor por Henry Nieves.

Brochado. 75,(5) páginas. 21,5 x 15 cm. Ligeira descoloração na lombada. Mínimas imperfeições exteriores. Mantém-se bom exemplar. Colecção Vasija, série Poesia (n.º 15), dirigida por Onofre Rojano. Sevilla: Grupo Poético Barro, 1981.

Preço: 35 euros.



EL AIRE DE LOS DIOSES

(1978-1981)

ÁNGEL CRESPO


Primeira edição. Com diseño gráfico de Julio Álvarez, e uma fotografia do autor por Inácio Ludgero. 100,(4) páginas. 20 x 14 cm. Sobrecapa plástica intacta. Bom estado geral. Zaragoza: Olifante Ediciones de Poesía, 1982.

Preço: 25 euros.